Resseguros
Product Family
Recursos & Ferramentas

Os benefícios a funcionários são uma importante parte dos riscos e gastos com seguros de qualquer empresa global. Embora muitos benefícios sejam locais por natureza, há vantagens reais em gerenciá-los a nível global sempre que possível. Matthias Helmbold, chefe técnico e de serviços da MAXIS Global Benefits Network e Matthew Latham, chefe de Programas e Cativas Globais da AXAXL, explicam as últimas tendências em benefícios de funcionários e como a subscrição do pacote de benefícios em uma cativa podem gerar mais transparência e diversificação.

Quais são as principais tendências em benefícios de funcionários atualmente?
Matthias Helmbold: Um número crescente de clientes vem procurando ressegurar os riscos de benefícios de funcionários em uma cativa, o número de cativas de benefícios para os funcionários quase dobrou nos últimos anos.

Outra tendência, seguindo o enorme esforço que muitas empresas fizeram para converter os planos de aposentadoria com benefícios definidos para planos de contribuição definidos, é que a maioria dos benefícios agora é um múltiplo do salário. Isso significa que os custos são atrelados ao salário e, portanto, podem ser contidos até certo ponto.

Uma grande exceção, no entanto, são os benefícios médicos cujos custos têm aumentado. Na maioria das corporações multinacionais, cerca de dois terços dos gastos em benefícios para funcionários segurados, agora vão para a parte médica. Estamos vendo os clientes se esforçando para entender e gerenciar melhor esses custos, por exemplo: mais investimento em saúde e bem-estar dos funcionários não é apenas bom, mas também pode fazer as empresas lidarem melhor com os custos médicos.

A cativa oferece uma maneira transparente de as empresas entenderem seus dados e obterem insights sobre o desempenho dos programas de benefícios dos funcionários em todo o mundo. Reforçar esses benefícios em uma cativa dá aos clientes mais controle sobre os programas, e faz com que as mudanças em termos e condições sejam implementadas com mais facilidade e de forma alinhada com o resto do mundo.

Como a tecnologia e a inovação estão mudando a oferta de benefícios aos funcionários?
Matthias Helmbold:
Há definitivamente uma tendência de ofertas de benefícios mais flexíveis aos funcionários, por exemplo: as empresas estão usando plataformas para oferecer um menu de benefícios que os funcionários podem escolher ou complementar. Os benefícios dos funcionários tendem a ser limitados pela região, o necessário ou desejado tende a diferir de país para país.

A tecnologia é essencial aqui para gerenciar custos em base global. Antes, proporcionar muita flexibilidade aos benefícios saía caro demais a muitos empregadores, porém a tecnologia está deixando a personalização dos programas muito mais simples e econômica.

Há novos benefícios que os empregadores procuram oferecer, e cuja cobertura os funcionários procuram?
Matthias Helmbold:
Nos últimos anos, doenças críticas são uma cobertura cada vez mais oferecida, seja como parte de uma apólice de vida ou como benefício extra. Para algumas empresas, a ampliação dos benefícios para beneficiários do mesmo sexo está cada vez mais importante.

Há também mais conscientização sobre a saúde mental, e os empregadores querem que isso seja mais bem compreendido e gerenciado.

Há também uma mudança para cobrir cirurgias de transformação de gênero, por exemplo. Uma cativa está bem posicionada para conduzir algumas dessas mudanças e incluir termos e condições que podem não fazer parte das práticas do mercado de seguros local ou para os quais pode não haver um provedor de serviços "pronta entrega”. É claro que o cumprimento jurídico local é importante aqui, mas as cativas podem oferecer uma ótima maneira de as empresas expandirem os benefícios que os funcionários procuram.

Vocês estão vendo mais interesse em oferecer benefícios aos funcionários juntamente com os riscos de P&C em uma cativa? Quais são os benefícios dessa abordagem para os clientes?
Matthew Latham: Vemos definitivamente um crescente interesse dos clientes em colocar os riscos de benefícios aos funcionários em cativas que, até agora, têm se concentrado em riscos de patrimônio e acidentes.

Há várias vantagens em incluir benefícios para funcionários numa cativa, juntamente com riscos de P&C. Primeiro, a diversificação. Os riscos dos benefícios a funcionários tendem a ter um volume maior de perdas, mas são mais previsíveis, já nos riscos de P&C, principalmente no ramo patrimonial ou de energia, o perfil de perda é mais de baixa frequência e alta gravidade. Isso é relevante porque os modelos de capital recompensam uma mistura de diferentes riscos com economias de capital.

Em segundo lugar, a correlação entre os riscos dos benefícios aos funcionários e os riscos de P&C tende a ser baixa, portanto, se uma área da cativa sofrer uma perda, isso não aumenta a probabilidade de perda nas outras áreas. Dessa forma, o mau desempenho em uma linha de negócios pode ser compensado pelo bom desempenho em outras linhas, o que gera mais estabilidade ao desempenho financeiro geral da cativa.

Há também economias de escala derivadas do aumento do número de linhas de negócios feitas em uma cativa. Os riscos dos benefícios aos funcionários normalmente trazem um volume relevante de prêmios, e isso pode pagar pelos serviços que todas as cativas precisam empregar, independentemente de quantas linhas elas trabalham, como relatórios financeiros, conformidade e governança. Isso reduz as despesas proporcionalmente ao prêmio feito, deixando a cativa mais eficiente.

Todos esses são bons motivos para os clientes considerarem a colocação de benefícios para funcionários em cativas de P&C, e estamos vendo um número crescente de clientes explorando essa opção.